Moda

Dossiê das botas: Gloria Kalil ensina o passo a passo para usar os calçados de inverno

Categoria: Moda

É só seguir as dicas e fazer a escolha certa.

Cada bota tem sua personalidade, e às vezes ela pode brigar com o seu tipo de corpo.

Foto: Reprodução

CANO CURTO E SALTO ALTO
As conhecidas ankle boots estão entre as mais pedidas nos últimos invernos. Apesar de ser considerada um curinga, este modelo fica melhor em quem tem pernas mais finas. Pode ser usada com saias, calças justas ou calças curtas

CANO ALTÍSSIMO ACIMA DOS JOELHOS
Modelo para quem quer chamar a atenção. As botas superlongas – ou botas calças – exigem um corpo esbelto e pernas finas. Elas podem ser usadas com minissaia, short e meias grossas

CANO ALTO (DE SALTO BAIXO OU ALTO)
Look muito elegante, da linhagem das botas de montaria. Seu uso é sempre mais esportivo: com calças e todos os comprimentos de saias

CANO CURTO E SALTO BAIXO
Estilo de bota superesportivo. As clássicas usam com calças compridas, já as modernas preferem usar com calças, saias, vestidos e até shortinhos

COTURNOS
Este tipo de bota tem personalidade própria – é jovem, desafiador e traz um gostinho de rebeldia, mesmo depois de ter sido usada pela primeira vez no cenário grunge dos anos 1990. As mais jovens podem optar por roupas estilo rock, punk e grunge, que combinam perfeitamente com o look preto e pesado do calçado. Quem quer mudar, pode usá-lo para quebrar o romantismo de vestidos florais e fluidos

BOTAS FRANZIDAS
Assim como os coturnos, dão equilíbrio para quadris pesados. Aliás, sapatos delicados sempre fazem a silhueta parecer maior. Use com calças ou meias grossas, de preferência escuras, para manter o foco nas botas

BOTAS COM FRANJAS
Também entram na categoria das que dão equilíbrio para os quadris mais pesados. As curtinhas podem ser usadas com calças skinny, leggings ou até mesmo minissaias. As mais altas ficam bem por cima de jeans ou meias grossas e saias

GALOCHAS
Estas botas são apropriadas somente para proteger os pés em dia de chuvas ou para festivais de rock. O material emborrachado deixa o look bem esportivo e informal

. Independente do modelo ou material, as botas podem alongar ou achatar as pernas. Para evitar o efeito indesejado de silhueta cortada, procure usar uma bota da mesma cor que a parte inferior do look.

. Para as baixinhas, Gloria Kalil dá o caminho: “O ideal é compor looks monocromáticos, isto é: meias, botas e saias nos mesmos tons, para dar a ilusão de uma figura mais longilínea”, sugere Gloria.

. Também fique atenta no tamanho do cano da bota. Modelos que param sobre a região mais larga da perna só faz aumentar a proporção.

. Gloria também ressalta que o salto da bota também sugere a ocasião que ela deve ser usada. “Quanto mais baixo o salto, mais esportivo o seu uso. Conforme o salto aumenta, você começa a fazer um uso mais social da bota”.

. Último (e importante) detalhe: botas, de salto alto ou baixo, não são indicadas para casamentos, recepções oficiais ou ocasiões em que o convite pedir traje passeio completo ou social.

Fonte: Chic

 

Tags: , , , , , ,




Compartilhe: