Sem categoria

Organizando a Vida Financeira – Parte II

Categoria: Sem categoria

No artigo anterior, fui muito genérico nesta questão da Administração do seu CAIXA, neste vou detalhar um pouco mais para que, na prática, cada um que se interessar em ter sua vida financeira controlada, possa ir sentindo o real sentido de ter um CAIXA.

Foto: iStock

Para iniciar este trabalho, temos duas ações importantes e que dependem única e exclusivamente de você.

1)Você precisa parar um dia e fazer uma levantamento de todo dinheiro que você tem, na carteira, no banco, em casa…enfim, precisa saber quanto é o seu saldo inicial, quanto você tem neste dia específico e anotar em algum lugar. Não esqueça de explicitar o valor e o local.

2) O segundo passo é anotar em algum lugar, todo e qualquer pagamento que você efetuar, desde o mais insignificante ao de maior valor.  De preferência vá anotando no dia a dia, em ordem cronológica.

Fazendo isto, no final de cada mês você vai ficar estarrecido, não vai acreditar no que está vendo. Vai descobrir exatamente para onde está indo seu dinheiro, em que você esta gastando e porque seu salário ou seus recebimentos não dão para nada, porque não sobra nada.

A partir daí, mentalmente você começa a se policiar, a se conter, a se resguardar de muitas e muitas despesas inúteis para poder chegar ao tão sonhado equilíbrio financeiro.

Você irá perceber que seus gastos com pequenas despesas, do tipo: alimentação, transporte, lazer, vestuário, farmácia, padaria, lanchonete, salão de beleza, roupas, joias, cinema, combustível, manutenção, juros de cartão de credito e de cheque especial, etc .etc.etc. são as que mais “levam” seu dinheiro, são aquelas que não “fazemos conta”, vão saindo do nosso CAIXA sem sentirmos, e vai perceber que é nestas despesas, nestes gastos, onde se encontra o seu “buraco financeiro”.

Neste primeiro mês, você vai ter uma noção boa do que são receitas e despesas, de quanto você ganhou e quanto você gastou.

Resta agora saber exatamente no que foi que você gastou e porque gastou tanto, para isto cada pagamento que você fez precisa ser acumulado, somado, o mês todo por tipo de pagamento, para saber exatamente e analiticamente quanto se gastou em cada CONTA de despesa.

Daí a necessidade das anotações diárias, de anotar tudo que você pagou, para que com estas anotações você possa ir somando cada despesa, cada pagamento e consiga ter um somatório de cada uma totalizando com seus gastos totais mensais.

A natureza de cada despesa é muito individual, uns gastam mais com viagens, outros com roupas, outros com barzinho e assim vai. Cada pessoa tem sua própria identidade de gastos e cada um, individualmente, vai conseguir perceber quando anotar tudo que paga.

Tudo isto pode ser anotado num simples caderno, em folhas soltas, na própria agenda, mas precisa ser anotado, e outra coisa, nunca deixa para anotar amanhã o que você pode anotar hoje…o dia seguinte é sempre o dia seguinte, e nossa mente é falha, muito sobrecarregada…sinto isto comigo próprio, as vezes é minha sempre parceira, companheira e digníssima esposa quem no dia seguinte me lembra, mas nem todos tem um(a) parceiro(a) para te ajudar nesta caminhada, portanto se cobre e se determine..anote tudo.

Você vai descobrir coisas muito interessantes, tipo gasta mais com barzinhos, com farra, com lanches e outras futilidades que com a prestação do seu apto ou a do seu carro…e aí??? Vai se questionar, vai repensar, vai redirecionar seu dinheiro. Vai pensar naquela calça de R$ 120,00 que achou cara, mas que ela vai durar no mínimo dois anos, e que isto você gasta ao sentar num barzinho para uma simples conversa com uma amiga ou com um amigo.

E assim, você vai ter sua própria contabilidade, vai ser o Contador, o Gerente Financeiro e o Diretor Financeiro da sua própria vida, vai ter orgulho em dizer para as pessoas, como eu digo hoje, TENHO MEU CAIXA PESSOAL, sei exatamente quanto recebo e quanto gasto por mês, sou uma pessoal controlada.

Agora, para as pessoas mais esclarecidas e determinadas, posso disponibilizar uma planilha em Excel para que possam fazer um acompanhamento mais em nível de relatórios.

Eribaldo Couto
E-mail: eribaldocouto@gmail.com

Tags: , , , , ,

Compartilhe:

6 respostas para “Organizando a Vida Financeira – Parte II”

  1. Fernanda disse:

    Gente,

    Funciona mesmo! Coloquem as dicas em pratica!

    Quanto a parte do texto que fala em parceria, quero deixar registrado que é muito importante que o casal compartilhe isso, afinal se tudo está bem é ótimo para os dois, mas se as finanças vão mal…ixi…estresse total! Portanto, ajudem-se!

    Eri, meu Amor, agradeço muitíssimo sua colocação em relação a mim. Somos parceiros na vida e sempre!
    Amo-te!

  2. hellen disse:

    vou fazer por que as minhas so Jesus pra puxar minha orelha kkk valeu a dica vou repassar as amigas abraço….

  3. Eribaldo disse:

    Faça mesmo Hellen, garanto que vai se surpreender com os resultados, vai ver é forte a influencia dos pequenos e eventuais gastos no seu orçamento mensal. Boa sorte!!!

  4. Ed Jefferson disse:

    Olá Eribaldo, gostaria de receber a planilha via e-mail. Forte abraço!

  5. Milton Figueiredo disse:

    Parabéms, Eribaldo.
    Tenho acompanhado os artigos. Muito relevantes.

  6. Núbia Nóbrega disse:

    Parabéns Eribaldo,estou adorando os artigos. Abraço.

Deixe uma resposta